Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sem Filtro

“Uma gargalhada por dia nem sabe o bem que lhe fazia:)”

Sem Filtro

“Uma gargalhada por dia nem sabe o bem que lhe fazia:)”

#Feliz Acaso? Ou Destino?#

destino.jpg

 

Na passada semana aconteceu-me algo que me pôs a pensar se seria um feliz acaso, uma mera coincidência ou será que é destino.

 

Conto-vos a minha história…

 

Ocasionalmente, quando chego cedo ao trabalho e não tenho tempo de tomar o pequeno almoço em casa, costumo ir ao café perto do trabalho e tomo a famosa meia de leite e um croissant (sim sei equivale a 7 pães, sim também sei: um minuto na boca e 10 anos nas ancas, mas é mais forte que eu). Gosto de ir aquele café porque as pessoas já me conhecem e porque se cria aquele ritual, as pessoas cumprimentam-se mesmo que não se conheçam, se não houver lugar sentam-se na mesma mesa…e não há problema nenhum.

 

A semana passada, estava eu a tomar o meu belo pequeno-almoço e entra uma senhora loira, olhos muito bonitos, com ar cansado, com os seus 58/60 anos e diz-me:

 

Senhora: menina Sara posso sentar-me aqui…(não faço ideia como sabia o meu nome)

Eu: claro que sim, esteja à vontade.

 

A senhora sentou-se na mesa e não sei porque mas estas coisas acontecem-me muito(começa a contar a história da vida dela)…

 

Eu só me apetecia chorar… uma senhora daquela idade que tinha um marido que lhe deu maus tratos e se metia na droga, felizmente já havia falecido. Entretanto a senhora refez a vida dela…mas tinha algo que amargurava muito: tinha os dois netos numa instituição de caridade! Diz-me ela a chorar:

 

Senhora: sabe menina Sara, a minha filha esteve muito doente e entretanto não quer saber os filhos, eu não tinha possibilidades e fui obrigada a entregar os meus netos numa instituição, sou a tutora deles mas só estou com eles ao fim de semana.

Bem… fez-se um silêncio eu quase sufoquei por dentro…

 

Senhora: com lágrimas nos olhos…

Eu: quase a sufocar…aguentei…mantive-me forte… e disse: tenha calma tudo se vai resolver…deixe-me dar-lhe um abraço…

 

A senhora chorou…e depois disse-me:

 

Senhora: menina Sara o meu neto quer muito arranjar emprego será que lá no seu trabalho estão a colocar alguém?

Eu: não sei…mas não custa tentar….vou tentar saber e digo-lhe alguma coisa sem falta, não se preocupe.

Senhora: obrigada menina Sara e desculpe…

Eu: por favor, sempre que precisar pode falar comigo…e tenha calma tudo se vai resolver!

 

Entretanto acabei o pequeno-almoço que mal entrou e lá fui eu trabalhar…super angustiada…

 

Aquela história mexeu tanto comigo, que só pensava há vidas do caraças…eu ainda me queixo de quê?

 

Sou uma privilegiada…

 

Cheguei ao trabalho a primeira coisa que fiz, foi perguntar a um colega se estavam a meter alguém…e ele disse-me: por acaso hoje vamos entrevistar duas pessoas… foi pena disse-me ele…se soubesse antes… e contei-lhe a história…

Acaso, destino…não sei o que pensar…nesse dia, uma das pessoas que ia ser entrevistada faltou…. Ele chega à minha beira e diz-me: queres falar com a senhora para o neto vir à entrevista?

 

Eu estava completamente louca de felicidade… mas só pensava e agora? Não tenho o número da senhora…não sei como se chama… lembrei-me que tinha o número de uma senhora que também costumava estar na mesa com ela e liguei…ela deu-me o contacto e eu liguei a senhora… que estava completamente feliz e a chorar ao telefone. Só me dizia:

Senhora: obrigada menina Sara …

Eu: não tem que agradecer, o seu neto que venha à entrevista. Mas primeiro tem que ser entrevistado para ver se corresponde.

Senhora: sim, sim vou já falar com ele…

 

Moral da história: o neto veio à entrevista e vai começar a trabalhar cá em agosto. A senhora ficou tão feliz…eu própria não conheço o neto dela mas estou tão feliz por ele, por ter sido útil e por ele estar empregado. Só peço que tenha muita sorte na vida e que lhe apareçam pessoas boas.

 

Passado uns dias, a D.ª Arlinda (a senhora, agora já sei o nome) envia-me uma mensagem a dizer: Menina Sara o Telmo (neto) foi chamado, que Deus lhe dê o melhor que houver na vida pela sua ajuda.

 

Eu sabia que ele tinha sido selecionado…mas não quis ser eu a comunicar… mas fiquei mesmo feliz!!!

 

Mas digam-me é coincidência ou destino? Qual a probabilidade de ter ido ao café naquele dia? Qual a probabilidade de estarem a contratar pessoas? Qual a probabilidade de a pessoa selecionada faltar à entrevista?

 

Há coisas do caraças hein?:)

Sobre o Blogue:

Este Blog é sobre tudo aquilo que me apetece dizer, completamente sem filtros, a verdade pura e crua sobre a vida, sobre o amor, sobre as pessoas. É acerca desta, daquela e da outra pessoa. É sobre uma história que ouvi na rua, uma imagem que me inspira.É acerca de histórias verdadeiras com as suas derrotas e glórias. É sobre voltar atrás, sobre dúvidas, sobre recomeçar, sobre viver. É acerca do amor puro … é sobre os nossos sonhos…é sobre acreditar…é sobre sorrisos.. Que as linhas que aqui se coloquem sejam sejam de alguma forma inspiradoras, divertidas e acima de tudo uma lufada de ar fresco, que sejam o que se queira que elas sejam. … “Se a vida te dá limões peça Sal e Tequilha” Existem duas soluções para tudo na vida; O tempo e o f*da-se Os 4 F(s) Essenciais para vida : Foco Fé Força F*da-se