Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sem Filtro

“Uma gargalhada por dia nem sabe o bem que lhe fazia:)”

Sem Filtro

“Uma gargalhada por dia nem sabe o bem que lhe fazia:)”

#Aprender a dizer NÃO#

dizer-no_thumb.jpg

 

Se há uma palavra que tenho muita dificuldade em dizer ás pessoas é NÃO.

 

NÃO. Parece  simples. Uma sílaba. Então porque raio é que nos custa tanto dizer não?

 

Saber dizer não tem MUITO que se lhe diga.

 

Dá trabalho e traz consequências por vezes irreversíveis.

 

Muitas vezes não conseguimos dizer “não” porque não queremos passar a sensação de que não somos boas pessoas ou que não queremos ajudar. Acreditamos que se dizermos “não” a pessoa em causa ficará chateada conosco. E provavelmente ficará mesmo!

 

Saber ouvir não necessita de poder de encaixe. Tem de se engolir, engolir e engolir e depois refletir. Refletir dá trabalho.Muuuuuiiiiiito  trabalho.

 

Então porque não facilitamos a vida a toda a gente ,nós próprios incluídos e passamos só a dizer sim?! As pessoas eram muito mais felizes. Dá muuuuiiiito menos trabalho, ninguém se chateia, toda a gente fica feliz e, acima de tudo, não temos de pensar mais no assunto.

 

Parece simples não é? Pois é! É aí que reside o grande  problema. Não querermos perder tempo a pensar seja no que for.

 

Ter que dizer não ao chefe  é complicado e até perigoso.

Dizer que não a quem vive connosco é difícil.

Dizer que não a um filho é...doloroso!

Dizer que não à família  uiiii que efeitos secundários podem daí advir…

 

Dizer que não a uma amiga , minha nossa senhora, é bom que estejamos preparados porque vai doer…

 

E dizer que não a nós próprios?

 

Quantas  vezes já dissemos sim, quando na verdade queríamos era mandar tudo ao rais partinha e dizer um grande e redondo NÃO?

 

Aprender a dizer/ouvir não pode demorar toda uma vida e ainda assim, há quem nunca aprenda.

 

Há uns tempos atrás tive que dizer um não a uma amiga…e foi quase como levar com um soco no estômago custou-me porque sei que ela ficou desiludida. Ainda assim disse-lho. Porque a amizade não é só as pancadinhas nas costas e sorrisos… amigos de verdade tem que nos dizer as verdades e nós a eles… e se forem realmente amigos têm mais é que perceber…

 

Se foi fácil? Não, não foi .Mas foi necessário e acima de tudo, prudente.

 

Nem sempre é fácil exprimir uma opinião sincera, mas sem dúvida que saber dizer um não é vital para manter relações equilibradas, sejam elas a nível pessoal, profissional e emocional.

 

Afinal a vida é um jogo e enquanto estamos vivos podemos jogá-lo da forma que quisermos. Nós mandamos no nosso tabuleiro. Não aceitem qualquer coisa na vossa vida, pois tu não és qualquer pessoa. Isto é muito válido para ti ouviste bem Sara Maria. Coloca-te como a pessoa especial e essencial que és. Valoriza-te! Não aceites qualquer papel no palco da vida. As tuas escolhas representam quem tu és.

 

Acho que prefiro dizer não a mim própria do que ás pessoas …acham isto normal?

 

Também vos acontece?

Sobre o Blogue:

Este Blog é sobre tudo aquilo que me apetece dizer, completamente sem filtros, a verdade pura e crua sobre a vida, sobre o amor, sobre as pessoas. É acerca desta, daquela e da outra pessoa. É sobre uma história que ouvi na rua, uma imagem que me inspira.É acerca de histórias verdadeiras com as suas derrotas e glórias. É sobre voltar atrás, sobre dúvidas, sobre recomeçar, sobre viver. É acerca do amor puro … é sobre os nossos sonhos…é sobre acreditar…é sobre sorrisos.. Que as linhas que aqui se coloquem sejam sejam de alguma forma inspiradoras, divertidas e acima de tudo uma lufada de ar fresco, que sejam o que se queira que elas sejam. … “Se a vida te dá limões peça Sal e Tequilha” Existem duas soluções para tudo na vida; O tempo e o f*da-se Os 4 F(s) Essenciais para vida : Foco Fé Força F*da-se

12 comentários

Comentar post