Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sem Filtro

“Uma gargalhada por dia nem sabe o bem que lhe fazia:)”

Sem Filtro

“Uma gargalhada por dia nem sabe o bem que lhe fazia:)”

#Peripécias 2#

 

qTBXr98Ec.png

 

Penso que todos nós temos histórias, peripécias na nossa vida…e como já vos disse se há pessoas em que tudo acontece, eu sou uma delas…

 

Num lindo sábado de manhã, preparava-me eu para ir trabalhar… sim porque há um mês na nossa empresa em que se trabalha ao sábado de manhã, ninguém merece eu sei… e lá fui eu…eram 8h30 da manhã estava eu a chegar ao meu trabalho de carro …e ali perto do piolho (café muito conhecido no porto) comecei a ver algum trânsito e pensei…bem esta noite foi em grande…o pessoal está agora aqui a tomar o pequeno almoço e a ressacar a noite de ontem…era só pessoal na rua…

 

Como esta rua tem semáforos, estava parada mas achei eu que era do semáforo…quando de repente vejo um polícia a vir na minha direção e eu pensei…que raio se passa aqui… o polícia aproxima-se e diz:

 

Polícia: bom dia Sr.ª condutora!

Eu: bom dia sr. Agente (e só pensava era só o que me faltava agora, o que é que este quer?)

Polícia: posso lhe perguntar de onde vem e para onde vai?

Eu: (pensamento: WTF???) sim Sr. agente, venho de casa e vou trabalhar…

Polícia: Posso ver os seus documentos?

Eu: sim, só um bocadinho…( se há coisa que detesto é quando me pedem os documentos, apesar de saber onde estão, fico sempre com sensação que me vai faltar algo, ou que a polícia me vai perguntar alguma coisa que não sei responder) e lá entreguei os documentos…

Polícia: muito bem…

Entretanto enquanto o polícia está a verificar os documentos, vejo um rapaz com os seus 25/30 anos perdido de bêbado que diz, oh Sr. Agente não multe a minha amiga… ela não fez nada!

Eu: WTF? O que é que este gajo quer…a sério? Isto não me está a acontecer…aestá tudo louco?gora o polícia vai pensar que eu vim da noite…

Eu: muito preocupada digo: Sr. Agente eu não conheço aquele senhor de lado nenhum…

Polícia: começou a rir- se e disse pode sair do carro?…

Eu: eu não estou a acreditar…

Polícia: então diga-me lá, onde trabalha?

Eu: trabalho numa editora…

Polícia: ai sim?

Eu: sim (e pensei vai à tua vida meu, desampara-me a loja)

Polícia: sabe no outro dia encomendei uns livros para a minha filha e não consegui será que me pode ajudar?

Eu: claro que sim, pode ir lá ter comigo ( e pensei fónix que lata do camandro)

Polícia: muito obrigada. Desculpe lá. Mas tinha que ter a certeza que estava tudo bem.

Eu: Claro Sr. Agente!

Polícia: tenha um bom dia e um dia vou lá perguntar por si…

Eu: Claro, quando quiser!

 

E pensei deixa-me é ir trabalhar…oh burro ainda vou chegar atrasada por tua causa…pá…

 

Vocês acham normal? Primeiro, fui parada ainda por cima pela polícia, depois levo com um gajo que nunca vi na vida, que em vez de me ajudar pôs a polícia a pensar que eu vinha da noite…e depois ainda me queria chatear com os livros da filha???

 

Não há condições…

 

Digam lá se não é verdade que tudo me acontece?

Sobre o Blogue:

Este Blog é sobre tudo aquilo que me apetece dizer, completamente sem filtros, a verdade pura e crua sobre a vida, sobre o amor, sobre as pessoas. É acerca desta, daquela e da outra pessoa. É sobre uma história que ouvi na rua, uma imagem que me inspira.É acerca de histórias verdadeiras com as suas derrotas e glórias. É sobre voltar atrás, sobre dúvidas, sobre recomeçar, sobre viver. É acerca do amor puro … é sobre os nossos sonhos…é sobre acreditar…é sobre sorrisos.. Que as linhas que aqui se coloquem sejam sejam de alguma forma inspiradoras, divertidas e acima de tudo uma lufada de ar fresco, que sejam o que se queira que elas sejam. … “Se a vida te dá limões peça Sal e Tequilha” Existem duas soluções para tudo na vida; O tempo e o f*da-se Os 4 F(s) Essenciais para vida : Foco Fé Força F*da-se

10 comentários

Comentar post